Na época em que estagiava em uma grande multinacional levava marmita para o trabalho. No começo era porque sempre sobrava mais tempo para aproveitar o almoço de outras formas. Depois, o motivo ficou mais sério: eu queria economizar dinheiro (época que me perdia nos boletos da vida, Deus me livre e guarde!). Depois, quando comecei a ganhar (só um tico, beeeem tico mesmo) a mais, não consegui largar a bendita. Claro, que a economia é um motivo bom suficiente para muitas pessoas levarem a marmita ao trabalho. Seja para o almoço na escola, para o trabalho ou até mesmo para parques e lugares públicos onde a comida é cara ou não tão boa quanto a de casa -> bora marmitar em 3, 2, 1 MOTIVOS: 


1) Você sabe a procedência da comida 

 

2) Comida saudável: você escolhe o cardápio controlando o sal, tempero… E ainda controla as porções… Não se come mais do que deve.

 

3) Economia! Use o vale alimentação no fim de semana ou no mercado (sempre fazia isso).

 

Dicas para uma boa marmita:

1)      Sempre coloque o feijão primeiro, no fundo da marmita e coloque o arroz em cima para não ter erro de derramar e tudo virar uma maçaroca.
2) Para você que não gosta de misturar o arroz, com o feijão e com o acompanhamento compre aquelas marmitas que tem compartimentos separadinhos.
3) Para se sentir em casa, leve um prato, talher de metal e também uma toalhinha ou jogo americano para apoiar o potinho. Isso faz toda a diferença 
4) Compre bolsas térmicas para a comida se conservar fora de casa. E seja criativa: compre bolsas fofas e coloridas.  Escolha as da Martinas, pois são eficientes na hora de manter a temperatura e são fáceis de limpar.

CB, Equipe Martinas